Você está exatamente onde precisa.

Quando ouvi pela primeira vez essa frase, eu pensei que não fazia sentido nenhum. Que era apenas uma maneira das pessoas se sentirem bem por estarem “emperradas” ou ter um inicio tardio na vida. Afinal, se você está exatamente onde precisa, então não estaria emperrado, estaria?

No entanto essa frase faz mais sentido quando fazemos uma analogia com o transito, saca só.

No trânsito: exatamente onde você precisa estar

Um estudo realizado nos Estados Unidos verificava a quantidade de carros que passavam em um cruzamento com 4 semáforos, durante 30 minutos. Em seguida, eles colocaram um agente de trânsito para orientar os carros que ali passavam. Curiosamente a quantidade de carros que passavam por aquele cruzamento diminuiu. Em outras palavras, quando as pessoas estavam autorizadas a tomar suas próprias decisões, constatou-se que a quantidade de carros que passavam era maior do que quando alguém tomava a decisão por eles.

Em seguida, o cruzamento foi mudado para uma rotatória, sem semáforos. As pessoas decidiam quando elas iriam. Nesta configuração, constatou-se que uma quantidade ainda maior passava por essa rotatória.

A lição aprendida: Quando as pessoas estão autorizadas a tomar suas próprias decisões, a fim de chegar onde elas precisam, o tráfego (que nós chamamos de vida) flui mais rápido.

Sim, mesmo quando alguém na sua frente pisa no freio no último segundo fazendo com que você diminua a velocidade, ainda é a maneira mais rápida para ambos.

Desvios

Quando alguém freia na sua frente no último segundo, interrompe seu fluxo. Por exemplo, isso acontece muitas vezes no seu trabalho. Você está apreciando o passeio e você está no fluxo, fazendo suas coisas.

De repente, alguém que quer se mover mais rápido ou apenas participar do seu caminho parece despejar egoistamente uma pilha de trabalho em você, trabalho que deveria ser dividido entre duas pessoas. Ele também espera que você faça na metade do tempo.

Desvios podem levá-lo a uma parte indesejável da cidade, um lugar que você vai querer sair antes que algo ruim aconteça. Desvios também podem levá-lo a uma parte bonita da cidade, lugares que você nunca poderia ter visto. O que de primeira parecia um desastre (uma doença incapacitante, a perda de um emprego, a morte de um ente querido) geralmente leva a algo melhor.

Em outras palavras, assimile o mal e o bem. Olhe para eles como oportunidades de aprendizagem. Muitas vezes, o ruim é um impulso para trazer mudanças para melhor. Poderia ser algo inovador como começar o negócio que você sempre falou a fim de escapar dos absurdos prazos e de um supervisor que gosta de jogar você embaixo de um ônibus porque você não conseguiu cumprir esses prazos.

Percepção é importante. Como você interpreta os acontecimentos da sua vida e como responde a eles importa mais. Peça ao Universo para ajudá-lo a sair de sua própria maneira. Quando você consegue fazer isso, você pode começar a mostrar as pessoas o seu eu superior e com isso ajudá-los.

Força Negativa

Os seres humanos são criaturas interessantes. Nós vivemos para os momentos interessantes. E ainda quando ocorrem esses momentos interessantes, ficamos com raiva.

Todo mundo na Estrada da Vida está exatamente onde eles precisam estar, em sua própria jornada, seguindo seu próprio fluxo. Quando tentamos forçar outras pessoas a seguir os nossos caminhos e viajar pela nossa viagem, resistência aparece. Nós temos uma tendência de impor, inconscientemente, nossas crenças sobre outras pessoas, a fim de justificá-las para nós mesmos. Outras pessoas diminuem a velocidade que seguem seu caminho ou até mesmo param, quando o fluxo delas entra em conflito com o seu.
No final, todos nós chegaremos onde precisamos ir. Aproveite a viagem.

(Visited 109 times, 1 visits today)

Comments

comments

2 thoughts on “Você está exatamente onde precisa.

  1. Que texto lindo Cadu. Agora além de tudo é escritor também? Rsrs. Saudades de você, que bom que agora tem mais esse cantinho pra matar essa bendita saudade… Me sinto sentada aí na sua sala jogando conversa fora…
    Parabéns pelo site.
    Beijo grande!

Deixe um comentário